capa

Um homem foi preso por estupro de vulnerável no último domingo, dia 20, no Parque das Acácias, em Paraguaçu Paulista. Segundo informações da Polícia Militar, ele é suspeito de abusar sexualmente de uma criança de 2 anos de idade.

De acordo com o Boletim de Ocorrências, uma equipe da PM foi solicitada via 190 para se deslocar até o Pronto Socorro, onde se encontrava um homem informando que sua filha de 2 anos teria sido vítima de estupro, praticado pelo vizinho.

Em contato com a médica, foi relatado que a criança de 02 anos e 04 meses apresentava vermelhidão na genitália, porém não havia lesões ou sangramento e que não seria possível avaliar se houve algum tipo de penetração ou rompimento de hímen.

Segundo a mãe da criança, ela solicitou que o vizinho, arrumasse o sifão da pia e o mesmo entrou na casa e após o reparo foi embora. Ela ficou sabendo posteriormente por sua sobrinha de dez anos, que estava na casa e teria visto o momento em que sua prima (vítima) estava juntamente com o indiciado que estava com as calças abaixadas tentando retirar a roupa da criança.

A mulher relatou ainda que a criança de dez anos disse ter ficado assustada e teve como reação chamar pela prima e pode ver quando ela foi solta e rapidamente o indiciado se levantou arrumando as calças, e em ato continuo pegou sua prima e a retirou do local levando-a para perto dos familiares.

Ainda segundo a mãe da criança, a menina de dez anos não soube o que fazer e após a família ir ao mercado se sentiu segura para contar para a mãe o que havia visto.

A mulher afirmou também que no Pronto Socorro, em seu colo, a criança de 2 anos ao ser perguntada onde o "tio" teria colocado a mão, de imediato colocou a mão sobre a genitália.

Diante dos fatos e com apoio de outra viatura, após diligências, os Policiais Militares localizaram o acusado, sendo dada a ele a voz de prisão e encaminhado a Central de Polícia Judiciária, onde foi registrado o Estupro de Vulnerável, permanecendo preso o autor.