capa

A prisão, nesta quinta-feira (18/06), de Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, balançou o mundo político em Brasília e desencadeou mais uma crise dentro do governo de Jair Bolsonaro.

É, também, mais um front jurídico envolvendo o entorno do presidente: Queiroz foi detido em Atibaia, no interior de São Paulo, em um sítio pertencente a Frederick Wassef, advogado de Jair e Flávio Bolsonaro e frequentador do Palácio do Planalto.

Preso preventivamente, Queiroz é investigado no âmbito das suspeitas de que haveria um esquema de "rachadinha" (quando parte do salário de assessores é devolvido ao parlamentar) no gabinete de Flávio quando este era deputado estadual no Rio de Janeiro.

A seguir, a BBC News Brasil resume essa e outras batalhas na Justiça cada vez mais próximas de Bolsonaro, de sua família e de aliados políticos: