capa

Um encantador de serpentes foi morto depois que uma cobra-rei o mordeu duas vezes durante uma apresentação para vizinhos, na Indonésia. O homem, conhecido como Norjani, havia prendido a cobra por uma semana em uma casa de madeira para uso medicinal. No entanto, resolveu mostrá-la para o público e acabou sendo atacado pelo animal. As informações são do jornal britânico Metro.

O momento do ataque foi gravado por quem via a apresentação. Nas imagens, é possível observar Norjani segurando a cobra de 5 metros de comprimento. O animal se lança contra o rosto do homem, que ri e segura a cabeça do réptil.

Mais de duas horas após a apresentação, Norjani passou mal e foi levado ao hospital, onde recebeu antiveneno. No entanto, o veneno da cobra já havia se espalhado por todo o corpo e, horas mais tarde, ele foi declarado morto.